Twitter

CUT AP > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > A CUT/AP PARABENIZA TODOS OS TRABALHADORES E TODAS AS TRABALHADORAS PELA PASSAGEM DO 1º DE MAIO

A CUT/AP Parabeniza todos os trabalhadores e todas as trabalhadoras pela passagem do 1º de Maio

01/05/2016

Hoje é dia de gritar: Viva a luta dos trabalhadores e das trabalhadoras! Viva a Democracia! Não ao golpe!

Escrito por: Errolflynn Paixão (Sec. Geral Adj SINDSEP/AP) Marco Nunes (Sec. Finanças SINDSEP-AP/Dir. Estadual CUT/AP) Cleide Dias (Comitê Monitoramento e Avaliação de Projetos SINDSEP/AP) Neusiana Tavares (Sec. Comunicação SINDSEP-AP/Sec Admin. e Finanças)

A conjuntura mundial entrou em uma turbulência que afeta diretamente a democracia e especialmente aos trabalhadores e trabalhadoras. Aqui no Brasil, o Congresso Nacional, há mais de um ano e meio não votou sequer um projeto de proteção e ampliação de direitos para a sociedade e para a classe trabalhadora.

A tentativa de golpe, apoiado pela burguesia brasileira com o apoio norte-americano, se assemelha, em suas características, ao golpe de 1964, agora, tentando retirar de nós, os direitos de políticas sociais já conquistados pela sociedade trabalhadora durante dos governos Lula e Dilma.

 

 

Por isso, precisamos lembrar que o dia 1º de maio, é uma data dedicada a comemorar nacionalmente a vida daqueles e daquelas que, com suor e muitas vezes com lágrimas e sangue, dedicam-se com afinco, utilizando sua mão-de-obra, para lutar por sua sobrevivência, pela qualidade de vida de sua família e pelo desenvolvimento de uma sociedade mais justa e igualitária.

 

Por isso, a CUT/AP e seus Sindicatos filiados, vêm hoje aqui, manifestar seu mais profundo respeito a todos os trabalhadores e a todas as trabalhadoras, que munidos de coragem, fé e consciência de classe, aprenderam a não renderem-se diante dos absurdos que diariamente se impõem à esta categoria.

 

Que aprenderam também, que não se ganha nada de graça, pois tudo que se conquistou até hoje, foi com muita luta: Luta por reconhecimento, luta por respeito, luta por melhores condições de trabalho e vida, luta por dignidade.Que aprenderam ainda, que o dia 1º de Maio é dia de comemorar sim, mas também é dia de manter a guarda. 

É dia de lutar! Para honrar a vida dos companheiros e das companheiras, que já nos deixaram, mas morreram lutando, para nos ensinar que apesar do alto preço, tudo é possível, se estivermos unidos pela mesma causa. A consciência de classe que nos une, deve nos levar a fortalecer a categoria e não a dividi-la.

 

 

É necessário compreender que a luta não é entre nós, mas contra os que querem usurpar nossos direitos, às duras penas já conquistados.

Que este 1º de maio, nos traga à memória que a união entre nós, classe trabalhadora e o respeito à opinião, à ideia e ao posicionamento dos demais, é condição sine qua non para avançarmos em nossas conquistas.

Que os gritos dos trabalhadores do passado, unam-se aos nossos, no presente, fazendo ecoar em uníssono para as forças politicamente antagônicas, que “ninguém mais ouse duvidar da capacidade de luta da classe trabalhadora ( LULA)”!

Temos certeza que com nossa capacidade de união, respeito, organização, mobilização e luta, garantiremos o enraizamento da democracia, a manutenção e a ampliação das conquistas sociais, bem como, novos direitos.

Que Deus nos ilumine e nos proteja nesta árdua caminhada. Que Ele abençoe toda classe trabalhadora brasileira e em especial, aos trabalhadores e às trabalhadoras da Amazônia e do Amapá,que não percamos a esperança e continuemos a lutar por dias melhores e por uma vida com dignidade.

Hoje é dia de gritar: Viva a luta dos trabalhadores e das trabalhadoras! Viva a Democracia! Não ao golpe!

#PalavraDeOrdemÉlutarRender-seJamais!

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Sede Administrativa

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO AMAPÁ
Avenida Padre Manoel da Nóbrega, 537,entre Jovino Dinoar e Odilardo Silva | Julião Ramos | Macapá | AP
Fone: (55 96) 3217.1025| www.cut-ap.org.br | e-mail: cutamapa@hotmail.com